Tintas

 

         A vida da estrutura depende da pintura.

         É de suma importância o combate à ferrugem do aço da estrutura metálica. A solução contra ela é a proteção com tintas apropriadas. Há tintas para várias finalidades. A essencial é a tinta antiferrugem como por exemplo a Coralfer, que pode ser encontrada em qualquer loja do ramo. Só depois de aplicar este tipo de tinta então pinta-se com alguma outra para acabamento estético. Por exemplo, na home page deste site há a figura de um pequeno salão de conferências que tem uma estrutura pintada em cor marron para imitar madeira. Antes porém desta camada marron, que geralmente é um esmalte, aplica-se uma tinta de fundo a qual será a responsável pela proteção contra o ataque da ferrugem.

         Ao proceder ao processo de pintura deve-se preparar as peças da estrutura, limpando todo óleo, graxa, ferrugem já existente etc. Só então se aplicam as tintas.

         Mesmo tendo feito tudo corretamente, ainda deve-se evitar que a estrutura entre em contado com a água, não deixando vazamentos na cobertura. Se for necessário que uma estrutura fique exposta ao ar livre, então serão necessárias várias demãos de tinta anti-ferrugem. De preferência aplica-se estas tintas pelo método de pintura eletrostática.

         Para que ocorra o processo de enferrujamento do aço são necessárias tres coisas: água, ar (o oxigênio do ar) e o aço. Por isso, a tinta evita que ocorra a corrosão. Ela impede o contado do ar e da água com o aço.

         Não adianta fazer um cálculo bem feito sem tomar estes cuidados, porque em pouco tempo haverá pontos de ferrugem, onde partes da estrutura estarão corroídadas. Então toda ela vem abaixo.

         A durabilidade da obra depende única e exclusivamente das tintas devidamente aplicadas. Portanto, devemos dar importância a elas não deixando nenhuma parte exposta.