PRECISION 
plasma e oxicorte mecanizados
URL

Não deixe de ver também os Sites:

Livros da Vida 
e
Estruturas Metálicas
de Pequeno Porte

Dimensionamento prático.

Seja Bem-vindo

.

.

CURIOSIDADES
tecnologias substitutas

 

A história do relógio

Os relógios mecânicos se espalharam pelo mundo nos últimos dois séculos.

Estas máquinas encantaram, não só pelo bom funcionamento, mas também pelos mistérios de como elas podiam ser feitas.

As tecnologias empregadas, para se conseguir cortar o metal, para confeccionar com ele aquelas engrenagens tão pequenas e tão perfeitas, não podiam nunca ser baratas.

#FF80A0

Por mais aperfeiçoados que foram os processos de fabricação dos relógios mecânicos, eles eram caros.

Reflitamos só sobre o custo de montagem de cada pequeno rubi, no centro de cada uma das 17 engrenagens, montadas em mancais de rubi.

A beleza enorme dessas máquinas induz a um sentimento de injustiça, por ver toda a maquinaria industrial de produção dos relógios mecânicos falir,

por causa do nascimento da indústria microeletrônica. Mas é só um sentimento. Não há nada de injustiça nisso. É só uma questão do tempo e do acaso.

No final do século XX, surge o relógio digital, a partir da tecnologia de litografia. Os relógios se tornaram pelo menos 10 vezes mais precisos  e pelo menos 10 vezes mais baratos.

Houve uma substituição de tecnologias usadas para o homem conseguir marcar o tempo.

 

A história da prancheta

A substituição de tecnologia que aconteceu, mudando o modo do homem marcar o tempo; substituindo o relógio mecânico pelo digital; aconteceu também com a prancheta.

Nos anos 80 surgiu o computador IBM PC e então a prática de elaboração de projetos sobre a prancheta foi abandonada pela maior parte da engenharia, e praticamente toda a indústria migrou para o mundo virtual do planejamento planificado.

Nos anos 80 havia lojas, que vendiam esquadros, canetas nanquim, pranchetas. Algumas lojas não perceberam que nessa época  elas deveriam ter começado a oferecer computadores, para os seus clientes que apareciam lá com intenção de comprar pranchetas.

E deveriam ter migrado suas atividades principais do comércio de pranchetas, para o de computadores pessoais e dos programas CAD.

Mas, quando passamos anos depois, lá pelo início da década de 90, em frente à algumas dessas lojas nós víamos só as portas fechadas, porque estes comerciantes perderam a clientela que eles tinham.

Se estes comerciantes tivessem percebido, que para eles continuarem sendo úteis para os seus clientes, deveriam ter introduzido a venda de PCs em suas lojas; eles teriam conservado seu comércio com os engenheiros e projetistas.

Houve mais uma vez uma substituição de tecnologia. A prancheta foi substituída pelo PC, para se planejar nossas indústrias.

 

A máquina de oxicorte Precision

Estamos vendo muitas substituições de tecnologias em várias atividades da construção do mundo, realizada pelas mãos humanas. Podemos ver por exemplo, além do relógio e da prancheta, que há também mais uma outra indústria, a indústria do carburador, passou a produzir injeções eletrônicas e extinguiu os carburadores.

O serviço que a indústria de carburadores prestava à indústria automobilística era pulverizar a gasolina, para ela ser explodida dentro das câmeras de combustão dos motores.  

O motor que recebe a gasolina preparada por meio da injeção eletrônica, funciona muito melhor e por mais tempo do que com o carburador. E a injeção eletrônica é mais barata de ser produzida que o carburador é.

Parece que na regra do campo da tecnologia, está havendo uma constante de um mesmo efeito ser mais bem conseguido por meio de causas mais baratas. Os resultados conseguidos estão sendo cada vez melhores e mais baratos.

A máquina de oxicorte Precision corta chapa tão bem, quanto qualquer uma CNC, mas de um modo muito mais barato. A máquina de oxicortePrecision se esforça por funcionar imitando o modo fácil de uso de uma impressora comum de escritório, e procura ao mesmo tempo se afastar do modo complexo de funcionamento de um CNC.

Para se treinar um engenheiro, para usar a máquina Precision, gasta-semenos de 15 minutos. Quem não é engenheiro, mas tem igual inteligência, consegue aprender a usá-la em menos de 1 hora.

Em praticamente um dia de treinamento, há muito peão que consegue ficar apto para operá-la.

A maior vantagem de se fazer um produto que vale mais, com um custo mais barato, é sem dúvida, como sabem todos, o aumento da eficiência econômica e o aumento da lucratividade, com melhor benefício prestado aos clientes.

Como o propósito final de uma unidade de oxicorteé ter a capacidade de cortar chapas de aço com espessuras entre 3mm e 200mm , com a capacidade de interação com o escritório de engenharia mecânica da indústria; a máquina de oxicortePrecision consegue atender a esta solicitação, de um modo tão bom quanto é possível hoje através de corte mecanizado, e consegue de um modo mais barato. A máquina pode ser ligada no escritório de engenharia da indústria, enquanto o operador recebe os arquivos que serão cortados via cabo de rede.

O profissional que opera a máquina não precisa ser engenheiro. Pode ser um peão, que ganhará a chance de migrar dentro da empresa para um salário melhor, por causa da muita produtividade que terá.

A máquina de oxicorte Precision substitui a complexidade do CNC, pela muita simplicidade de um PC potente; e realiza o essencial para a indústria, que é cortar chapa de aço; e cortar bem e rápido e certo.